Baralho Cigano | Segredos que os livros não contam.

Atualizado: 8 de out. de 2018

Por Fernanda Ribeiro



Segundo estudos, o baralho cigano foi jogado pela primeira vez por madame Lenormand , nascida em 1772 na França, quando ficou famosa por suas previsões com relação à realeza francesa, principalmente a feita para Napoleão Bonaparte, quando previu sua ascensão e queda.

Sabe se que além de cartomante, madame Lenormand era astróloga ( pessoa que faz revisões baseadas nas posições relativas dos corpos celestes de onde podem advir informações sobre a personalidade, as relações humanas, e outros assuntos relacionados à vida do ser humano), numeróloga (pessoa que recorre à simbologia dos números e a operações matemáticas para interpretar os nomes próprios em análise de forma a predizer as características da personalidade e mesmo o destino dessa pessoa) e quiromante (pessoa que faz, a adivinhação do futuro pelas linhas da palma da mão),tinha o domínio sobre cristais, plantas e geomancia (adivinhação através das figuras formadas por um punhado de terra que se atira ao acaso sobre o chão ou qualquer outra superfície entre outros ...

Ela desencarnou em 1843 e seus segredos só foram descobertos por manuscritos deixados 50 anos após, ocasião em que foram feitas duas adaptações a este tipo de baralho.

O primeiro seria com figuras da época, estilo francês e o outro mais simples que foi adaptado pelos ciganos, já que estes foram os pioneiros a exercer o jogo.

E assim seguiu com o nome de baralho cigano.

O baralho cigano é composto por 36 cartas, cada uma com seu significado, porém sem dúvida alguma é jogado segundo a intuição de entidades ciganas que junto ao seu cavalo são preparados para fazer este tipo de trabalho e assim torna- se mais eficaz quanto as previsões.



Hoje em nossa casa, temos uma médium preparada para a cartomancia e que trabalha com a energia do povo cigano em específico a cigana Esmeralda.

Vamos falar um pouquinho desta cigana e como chegou até este trabalho de amor aos seus consulentes.

Esmeralda nasceu na Espanha onde viveu toda a sua vida até o seu desencarne.

Ela era de um acampamento cigano onde na época não se permitia a mistura de raças. Era de grande beleza e tinha o poder de encantar a todos com sua dança e às noites se apresentava nas praças onde muitas pessoas se reuniam para admirá-la. Em uma destas apresentações conheceu um lindo fidalgo que fazia parte da realeza francesa; era o príncipe Dom Felipe.


Sem dúvidas um se encantou com o outro, logo ao primeiro olhar e assim surgiu um grande amor às escondidas, pois nem uma família nem a outra permitiriam que tal amor fosse possível.

Mas os pais de Esmeralda descobriram os encontros e proibiram-na de voltar a vê-lo , e ele assim o fez, pois também estava prometido a uma princesa e não poderia contrariar seus pais e o seu reino.


Esmeralda se colocou em grande tristeza e em pouco tempo descobriu que estava à espera de um bebê.